O estudo “Gestão pública nas cidades – exercício para a identificação de possibilidades para a vida pós pandemia” foi elaborado pelo engenheiro civil e consultor em planejamento estratégico Greiner Costa e pelo analista de políticas sociais e especialista em planejamento Adriano Caetano Santos. Como foco do estudo, os autores descrevem a realização de um conjunto de atividades online organizadas com equipes de gestores públicos de uma cidade média do Estado de São Paulo entre maio e julho de 2020.

A partir dessa metodologia foram identificadas as percepções dos participantes sobre a situação vivenciada pelo país naquele momento e debatidas possibilidades para respostas do poder público local ao grave quadro colocado pela pandemia covid-19. O trabalho pode ser considerado assessoria técnica para a elaboração de políticas públicas e um caso de pesquisa participante. Para seu desenvolvimento seguiu um roteiro com o objetivo final de formulação de iniciativas governamentais locais como respostas à crise.

Para Adriano Caetano, lotado no Ministério da Cidadania, “a maior expectativa ao realizar esse trabalho era entender como os efeitos da pandemia estavam impactado a vida das pessoas na localidade em que vivem, e a partir desse entendimento apoiar a reflexão crítica e desenho de estratégias, por parte do poder público local,  para viabilizar um novo normal que pudesse ser regido por princípios e diretrizes de maior convivência entre as pessoas, sustentabilidade ambiental, combate à desigualdade, inclusão social e respeito às normas e protocolos sanitários. Para  isso se fez necessário o uso de metodologias de facilitação e co-criação em ambientes remotos.”

As possibilidades para políticas públicas também foram identificadas pelo estudo para que o período pós pandemia naquele município pudesse ser regido por princípios e diretrizes de maior convivência entre as pessoas, sustentabilidade ambiental, combate à desigualdade, inclusão social e respeito às normas e protocolos sanitários. Ao final, foram delineadas propostas de ação local, avaliadas pelo maior impacto para a população e com viabilidade para execução.

Acesse: Estudo Gestão Pública nas Cidades no pós pandemia

Share This